quarta-feira, 23 de maio de 2012

CARTA DE UM BOMBEIRO EXCLUIDO




LUTEI POR ACREDITAR NA JUSTIÇA E NOS AMIGOS QUE OMBREARAM NA LUTA.
LUTEI POR VER CORAGEM EM CADA MOMENTO ONDE O MEDO E A OPRESÃO COVARDE E INSANA ERAM VENCIDAS. A CORPORAÇÃO SEMPRE FOI RESPEITADA PELO QUE FAZEMOS E NUNCA POR COMO VIVEMOS. ATÉ HOJE TEM BOMBEIRO VIVENDO DE LUGUEL, MORANDO EM COMUNIDADE  PORQUE NÃO TEM COMO TER SUA CASA PRÓPRIA.
LUTEI POR ACREDITAR QUE LUTAR POR DIGNIDADE NÃO ERA CRIME E, QUE BOMBEIROS NECESSITAM FAZER BICO DE SEGURANÇA OU EM BRIGADAS PRA COMPLETAR SEU ORÇAMENTO. LUTEI PORQUE PUDE VER UMA CORPORAÇÃO LINDA, COM SEU BRILHO, COM SUA HONRA E COM SEUS HEROIS; QUE SEMPRE SERÃO RESPEITADOS PELA POPULAÇÃO. HOJE UMA CORPORAÇÃO HUMILHADA COVARDEMENTE, AMEAÇADA E RETALHADA, MOSTRANDO QUE TEM HOMENS NORMAIS QUE O POVO VÊ COMO HEROIS E O GOVERNO COMO VANDALOS IRRESPONSAVEIS; QUE MESMO ASSIM É CHAMADO PRA SOCORRER A TODOS EM QUAISQUER SITUAÇÕES. NA TERRA, NO FOGO, NO MAR E NAS ALTURAS LÁ ESTARA O BOMBEIRO.

LUTEI PORQUE ACREDITEI NO POVO QUE TANDO SALVEI, QUE TIREI DAS FERRAGENS. SOCORRI CENTENAS NAS RUAS, AJUDEI ATRAZER AO MUNDO VARIAS CRIANÇAS, SUPORTEI CALOR, CHUVA, FRIO E DORES.

AFASTEI-ME DA MINHA PROPRIA FAMILIA PARA TRAZER PESSOAS A SUAS FAMILIAS. HOJE SOU UM EXCLUIDO, APENAS UM EXCLUIDO E VEJO TODOS FAZENDO A SUA VIDA NORMAL, COMO SE NADA ESTIVESE ACONTECENDO; CHURRASCOS, FESTAS, FUTEBOL, BALADAS E ETC...


LUTEI PELO COMPROMISSO COM A SOCIEDADE EM TRABALHAR COM MELHOR EQUIPAMENTO E CONDIÇÕES DE TRABALHO IDEAIS PARA A PROFISSÃO.

HOJE SOU UM EXCLUIDO, APENAS UM EXCLUIDO; QUE VÊ SUA FAMILIA DEFINHANDO EM ESTRESSE, ADOENTADA, SEM HOSPITAL. SEM NEM SABER SE VAI TER DINHEIRO AMANHA PRA SE ALIMENTAR, VESTIR, MORAR.

O QUE EU POSSO FAZER SE A METADE DA MINHA VIDA EU DEDIQUEI AO CORPO DE BOMBEIROS, HOJE O QUE EU MAIS SEI FAZER É SALVAR VIDAS E, SE ISSO FOI ME TIRADO A MINHA VIDA TAMBEM FOI.

FICA AQUI O MEU REPUDIO E MINHA TRISTEZA A ESTA CORPORAÇÃO ONDE AS ORDENS ABSURDAS FAZEM PARTE DELA, ONDE AS AMEAÇAS CONSEQUEM CALAR A VOZ DE GUERREIROS, ONDE A REPRESSÃO FAZ CALAR A TODOS E LESIONA AS VERTEBRAS, ONDE NEM PODE SE MOVIMENTAR; O QUE EU DEVO FAZER SE ESTOU LIVRE DISSO TUDO. MAS, SEM A MINHA PRINCIPAL QUESTÃO DE VIDA QUE É SALVAR, ESTOU INDO RESGATAR O QUE SOBROU DA MINHA VIDA. NÃO QUERO DOAÇÃO, QUERO O MEU SALARIO SALVANDO COMO SEMPRE SALVEI, QUERO O MEU UNIFORME QUE SEMPRE ADOREI COLOCAR; ESTOU INDO PRA OUTRO ESTADO PROCURAR ALGO PARA MANTER MINHA FAMILIA PORQUE ELA SEMPRE ESTEVE COMIGO E ELA MERECE TUDO E TODO O MEU SACRIFICIO .
ATENCIOSAMENTE A QUEM INTERESSAR
PAULO NASCIMENTO
EX 2º SGT BM NASCIMENTO

Ao passar para a Reserva remunerada da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro, procurei cursos de qualificação e atualização para a minha profissão civil, que é Técnico em Segurança do Trabalho. Assim, me inscrevi num curso na Faculdade Castelo Branco em Padre Miguel, no Rio de Janeiro. No primeiro dia de aula tive contato com o PROFESSOR Paulo, que me passou conhecimentos valiosos e, com certeza do que transmitia, se fazia respeitar por seus alunos.
O tempo passou e nas manifestações por DIGNIDADE E RESPEITO doa Militares do Estado do Rio de Janeiro, reencontrei o PROFESSOR Paulo, naquele momento o SARGENTO do Corpo de Bombeiros do Estado do Rio de Janeiro. Demonstrando novamente certeza em sua convicção de que as Corporações Militares do Estado do Rio de Janeiro precisam e merecem valorização.
Caminhamos juntos em várias jornadas e eu o observando ao meu lado, Ccmo gostei de combater com este PROFISSIONAL. Combater a injustiça, a indiferença, o desrespeito, a exposição de seus corpos à danos que em qualquer empresa séria estaria sendo preservado para não responder perante as Leis Trabalhistas no tocante a saúde ocupacional.
Hoje, ultrajado, está sem seu meiode subsistencia. Os milhares de militantes por melhorias profissionais estão acuados, indiferentes ao que aconteceu no Estado do Rio de Janeiro. A sociedade segue seu destino, o destino do gado marcado.
Paulo Nascimento, tenha a certeza que o Rio de Janeiro perdeu um profissional altamente qualificado. Profissional que adquiriu seus conhecimentos com investimento público e, contrariando a tudo que a Administração Pública não deve fazer, foi excluido. O rio de Janeiro é que perde.

REAGE RIO DE JANEIRO

Nenhum comentário:

Postar um comentário