domingo, 31 de janeiro de 2016

“O BRASIL ESTÁ EMBURRECIDO”

O presidente do Clube Militar, General Roberto Rodrigues Pimentel publicou na página da entidade,  um duríssimo “pensamento” como costuma definir, onde chama o ex-presidente Lula de ‘EXECRÁVEL LÍDER”. Mesmo na reserva, a liderança das forças armadas permanece hígida. Os clubes Militar, da Marinha e da Aeronáutica são “os tambores” da caserna…


Leia o manifesto:
O Brasil emburreceu nesses anos de inacreditável submissão ao lulopetismo. É triste constatar, mas ficou com a cara e os vícios do seu execrável líder e da sua sucessora, enfiada por ele goela abaixo de um povo iludido.
Temos uma governante(?), sem qualquer exagero, incapaz de articular uma frase que seja compreensível ou provida de lógica.



As nossas instituições, para pior dos males, foram juntas. Calaram-se, tornaram-se menos inteligentes; e também omissas. 


Onde a voz da Igreja, das Forças Armadas, das Universidades, da Comunidade Científica, dos Intelectuais, dos poucos Políticos com “P” que eventualmente ainda restem? Desistiram? Será que ainda podemos vê-los como forças vivas da nação? Nossos formadores de opinião? Há dúvidas. E o Povo, onde está?


Bem representativo do momento pobre e triste que vivemos foi a descoberta do “Fantástico”, programa dominical da Rede Globo, da “nova cara do Brasil”, uma meia dúzia de jovens da classe média paulista, entre 16 e vinte anos, desafiando a polícia em protestos contra o aumento de R$0,30 nas passagens dos coletivos urbanos.
Seria até compreensível a cobertura e apoio a tal movimento: 

– se os pais daqueles jovens não estivessem às voltas para pagar as contas dos serviços públicos, da energia elétrica, por exemplo, que sobem a cada mês em valores absurdos, por absoluta incompetência do governo central; 
– se não vivêssemos o caos a que foi conduzido o sistema de saúde, literalmente paralisado em várias cidades;
– se não tivesse quebrado, fruto do roubo e da corrupção oficial, a nossa maior empresa estatal com prejuízos irrecuperáveis;
– se não estivéssemos com a inflação fora do controle e diante do aumento geométrico do número de desempregados. 
Dentro de uns poucos dias estarão de volta os parlamentares e integrantes do judiciário, depois do longo recesso a que fazem jus. Mas chegam já de olho nos dias de folia carnavalesca, pois ninguém é de ferro. E prontos para entrarem em clima de Olimpíadas. É tudo festa para eles.
Enquanto isso, o País continuará sangrando. Se enganando, protelando decisões, empurrando com a barriga, mas, sinceramente, não vemos como ter fôlego para alcançar 2018.
Vamos acordar, gente, esse governo cometeu crimes muito graves, por mais que fumaça política procure encobrir. A conduta da presidente Dilma deu suficientes motivos jurídicos e políticos para o seu afastamento pelo Congresso. E isso não pode passar em branco. Razões para protestos o Povo tem de sobra, mas pelos R$0,30 de aumento dos coletivos? Nesse momento?
Gen Div Gilberto Rodrigues Pimentel – Presidente do Clube Militar

Um comentário:

  1. "QUEM VIVE PARA PROTEGER, MERECE RESPEITO PARA VIVER."

    Um Soldado de Polícia Militar em início de carreira deveria receber vencimentos iniciais de R$ 8.712,50 (oito mil, setecentos e doze reais e cinquenta centavos) mensais, para uma jornada de trabalho de até 144 horas mensais. A questão salarial impacta diretamente na autoestima dos Policiais e na valorização das Polícias. Além de garantir elementos essenciais para a sobrevivência, “ganhar bem” concede ao profissional um posicionamento social de relevância. Todo mundo quer maior qualidade na segurança pública, mas para melhorar a qualidade será imprescindível melhorar a questão salarial, ou seja, valorizar o Policial Militar com uma remuneração digna.

    “POLÍTICA DE SEGURANÇA PÚBLICA SÓ É FEITA COM POLICIAIS BEM PAGOS” foi o que disse o então candidato ao Governo do Rio, Sérgio Cabral Filho.

    “O GOVERNANTE QUE DIZ QUE O ESTADO DO RIO NÃO TEM DINHEIRO PARA PAGAR MELHOR SEUS POLICIAIS ESTÁ MENTINDO!” (palavras de Sérgio Cabral em 2006)

    ResponderExcluir