terça-feira, 30 de maio de 2017

Foi por determinação do tráfico!


Assisti algumas vezes o vídeo do Blindado da PCERJ na Vila Kennedy, será que fui só eu que ouvi o cidadão dizendo: "eu estava no portão, ele poderia ter pedido pra tirar o carro"?

Ou seja, vou desenhar pra ficar mais claro: a polícia está operando num terreno hostil, onde na mínima exposição pode levar um tiro e o camarada vendo a necessidade do blindado se deslocar, ainda fica esperando o policial "descer e pedir licença", do que tirar a merda do carro?
E se fosse o bonde de
 vagabundos, ele também ficaria de escândalo filmando ao invés de tirar o carro?
#NemFreudExplica

video

Às vezes falta ao mundo um pouco de bom senso e até se colocar no lugar do próximo, dando sequência ao debate, algumas considerações sobre o vídeo de hoje na Vila Kennedy:
1 - Favela ou comunidade, como queiram chamar, não possui um ordenamento urbano minimamente aceitável para que todos os serviços públicos tenham livre acesso à todos os locais;
2 - Para a polícia é muito mais grave essa dificuldade no acesso, pois um caminhão de lixo pode parar e recolher o mesmo na esquina, porém deixar policiais andarem dessa mesma esquina cem metros adiante pode resultar em incontáveis mortes!
3 - Seguindo a lógica de alguns se o morador não tem garagem e se a rua for estreita, o policial não deve entrar nessa rua, bem sendo assim acho que os traficantes vão acabar por presentear todos os moradores com um veículo, desde que o mesmo fique na rua, pois assim a polícia não entra mais;
4 - Falando objetivamente do vídeo, é possível ver após os veículos uma barricada de concreto, ou seja, aquela rua era quase um condomínio particular, porém se tinha barricada pode ter certeza que lá no fim da rua tinha uma boca de fumo ou o acesso estratégico à uma delas!
5 - Se na entrada os companheiros da Polícia Civil estavam em perseguição ou flagrante delito o que exigiu uma entrada mais rápida e enérgica, na volta já havia dado tempo suficiente para que o morador retirasse o veículo, mas o mesmo preferiu desafiar os policiais a passarem novamente, fazendo papel de cineasta e não de alguém que quer preservar seu bem!
6 - Chegou a hora de mudarmos de postura, fazer nossa parte para que o crime não prospere, cabe aos moradores darem livre acesso aos serviços públicos colaborando assim também com a polícia no combate aos facínoras!
Deixo aqui nossos à disposição dos moradores que tiveram prejuízo e também aos policiais envolvidos na operação, creio e já manifesto o interesse em colaborar financeiramente para o reparo dos veículos, tenho certeza que o colegas da PCERJ também o farão e que os proprietários dos automóveis aprenderam a lição!
#ForçaEHonra 
#CombateSempre
#Hurra

Apenas a título de conhecimento, em 2006 perdemos um grande policial na comunidade da Vila Kennedy, Sargento Fonseca, o "Fon", quisera eu que tivéssemos que arranhar uns carros para salvar a vida dele...nunca se esqueçam, o bem maior é a vida!
Patrimônio material recuperamos, fazemos vaquinha, uma vida ceifada não volta!
VERSÃO DA DRFC - Delegacia de Roubos e Furtos de Cargas
A Delegacia de Roubos e Furtos de Cargas (DRFC) desmentiu a versão de moradores da Favela Vila Kennedy, em Bangu, na Zona Oeste do Rio, que acusaram policiais da especializada de bater com o blindado da instituição no carro de um trabalhador, nesta segunda-feira, dia 29 de maio.
Os agentes afirmaram que solicitaram que os moradores retirassem seus automóveis do caminho, liberando a passagem da via, mas que não foram atendidos. Eles contaram também que a solicitação foi feita no início da ação e repetida outras vezes durante a mesma e ainda assim não foi acatada.
A DRFC realizava incursão para cumprir mandados de prisão e as equipes se dividiram: enquanto parte entrou na favela em viaturas, outra seguiu no veículo blindado - popularmente conhecido como "caveirão" - da unidade. Com a chegada dos policiais, os criminosos efetuaram diversos disparos e houve intenso confronto.
Os policiais que estavam nas viaturas entraram em contato com os colegas do blindado pedindo prioridade pois estavam encurralados. Eles disseram que o caveirão teve dificuldades para se deslocar em apoio pois algumas ruas possuíam barricadas instaladas por traficantes e em outras havia carros estacionados sem a preocupação de que poderia impedir a passagem de outros veículos.
Na preocupação de chegar a tempo de socorrer os colegas, os agentes forçaram passagem em uma das vias onde não havia barricada e acabaram atingindo um automóvel. O proprietário do mesmo registrou a ocorrência na 34DP e o caso será apurado pela distrital.
Na operação, o mandado de prisão contra um ladrão de carga foi cumprido e um caminhão e uma moto roubados foram recuperados. Um dos pneus do blindado foi atingido por tiros e acabou danificado. Nenhum policial se feriu na ação.
TEXTO: Roberta Trindade

3 comentários:

  1. Achei outro absurdo os veículos estarem estacionados em cima das calçadas. Por onde o pedestre anda? Voando? Os moradores estão completamente sem razão e não devem ser ressarcidos em hipótese nenhuma neste caso. Parabéns aos policiais!

    ResponderExcluir
  2. No vídeo são dois veículos nas duas calçadas, da direita e esquerda, ou seja, fechando a passagem do blindado.O vídeo em si já é uma grande prova contra os acusadores

    ResponderExcluir
  3. No vídeo são dois veículos nas duas calçadas, da direita e esquerda, ou seja, fechando a passagem do blindado.O vídeo em si já é uma grande prova contra os acusadores

    ResponderExcluir