quinta-feira, 1 de junho de 2017

E você sociedade, o que tem a dizer?

Major PMERJ Elitusalem Gomes Freitas

Ontem confrontos Intensos em várias regiões do Rio, policiais baleados no Alemão, funcionários de uma empresa de segurança privada fuzilados no Arco Metropolitano.

Mais de cinquenta tiros disparados contra os coitados dos vigilantes, calibres pesados e o que a mídia imunda diz?
"Vigilante morre em troca de tiros"!
Só pode ser deboche!!!

Arco Metropolitano no dia de hoje, um verdadeiro massacre contra agentes de segurança pública e privada! 

Nesse cenário dantesco, a polícia prende, neutraliza, apreende armas e drogas, mesmo sem salário ou estrutura adequada.

E as outras instituições, o que fazem? Ontem a juíza Cristina Faria De Cordeiro, concedeu a liberdade aos facínoras que aterrorizaram Botafogo quando após a prática de crime, ainda empreenderam fuga!
A magistrada considerou que a suposta atividade de Adilson Sarmento do Couto e Adriano Viana de Sousa é algo positivo para possibilitar que eles respondam ao processo em liberdade. A ocupação lícita, no entanto, não foi comprovada pelos acusados.
A pergunta é: O QUE NÓS FAZEMOS COMO POLICIAIS, SE FOR ALGO DIFERENTE DE PAPEL DE PALHAÇO, POR FAVOR ALGUÉM NOS INFORME! 
Só pra lembrar, quem paga a justiça também é o contribuinte, NÃO ESTÃO ACIMA DO BEM E DO MAL! DEVEM SERVIR A SOCIEDADE E NÃO À SUA IDEOLOGIA! 
Os Estados Unidos só começaram a dar certo como nação, em termos de política criminal, no momento em que a lei passou determinar penas mínimas, e nesse caso bem duras, para crimes como tráfico de drogas, homicídio e ataques contra agentes da lei.
Aqui temos além de leis frouxas, um judiciário mergulhado na ideologia de esquerda, onde o bandido é vítima e a vítima é algoz...
Aí fica difícil!
#PorUmNovoCódigoPenalUrgente

#AcordaBrasil
Major Elitusalem Freitas.



Nenhum comentário:

Postar um comentário