domingo, 11 de junho de 2017

Marcha pela Vida dos Policiais.

Imagem ilustrativa de outro evento ocorrido em Copacabana com mais pessoas presentes

Por anos tenho participado de manifestações pela vida do policial e todas elas tem algo em comum: A AUSENCIA DO POLICIAL!


Poucos abnegados sempre estão presentes, sendo inativos, mutilados e alguns inativos que são minoria. Fora isso os parentes que mais sofrem com a violência que diariamente ceifa a vida de pais, mães e filhos é a maioria dos presentes.
No Ato promovido pelas Esposas de Policiais, com participação, apoio e divulgação do Foro Brasil e Grupo Nióbio, Grupos Intervencionistas, cerca de 100 pessoas estiveram presentes. Uma centena de qualidade que muito bem representou mais de 70.000 agentes de segurança do Rio de Janeiro que deveriam estar presentes.

video

Nos vídeos disponibilizados vemos que embora seja só uma centena, fizeram muitos se emocionar com a firmeza de seu propósito, que não é político, é pela vida do policial.

video

Não é possível que se aceite passivamente o grande número de policiais assassinados, bem como os quase 60.000 mortos anualmente no Brasil sem comparar a um “estado de guerra” que, direta ou indiretamente, está sendo promovido pelos políticos das diversas esferas administrativas, legislativas, bem como pelo poder judiciário.


É inconcebível a postura da mídia diante da “guerra” desigual enfrentada diariamente pelas polícias e pela sociedade, bem como as organizações de “direitos humanos” que só atacam um lado, na sua insana determinação de desmilitarizar as polícias militares e descriminalizar as drogas como única alternativa em segurança pública. O Estado narco traficante agindo dia e noite para que seus negócios prosperem com baixo investimento.

video

Mas todos se sentem motivados quando vemos esta senhora, que já se tornou um simbolo das manifestações do Rio de Janeiro, sair de sua casa com destino às ruas. Um simbolo de força por um País melhor diante de tantos que se acomodam ou se acovardam.


O Ato se encerrou com colocação de cruzes na areia representando os policiais mortos este ano.

video

No mais, agradecemos aos Policiais Militares e Guardas Municipais que embora de serviço, estiveram presentes ao evento por força de escala de serviço, da qual não podem fugir.

Nenhum comentário:

Postar um comentário